"Era uma vez, dois viajantes que atravessavam num barco um grande rio que corria entre duas terras distantes... o primeiro viajante decide meter conversa com o barqueiro...

-Como são as pessoas do outro lado do rio?
O barqueiro olhou para ele com curiosidade e perguntou...
-Como são as pessoas do sitio de onde vem?
O viajante resmungou, com repugnância:
-São horríveis, egoistas, ambiciosas e mesq

uinhas. Por isso é que me vim embora.
O barqueiro abanou a cabeça com tristeza...
-Receio que ache que as pessoas deste lado do rio sejam mais ou menos iguais.

Um pouco mais adiante, uma segunda viajante aproximou-se do barqueiro e mais uma vez perguntou.
-Como são as pessoas deste lado do rio?
-Como são as pessoas do sitio de onde vem?
A viajante suspirou...
-Oh, são maravilhosas, amáveis, divertidas e generosas. Detesto ter que deixa-las.
O barqueiro sorriu....
-Eu não ficaria muito preocupado com isso. Acho que vai achar que as pessoas deste lado do rio são iguaizinhas."
 

Um comentário:

Papoila disse...

Gostei muito do texto.

Quem é o autor?