The Show must...

Vítor Pinhão
The show must...
pintura/instalação
inauguração (lisboa)
quinta, 7 de Dezembro de 2006
a partir das 17h

Uma mancha é uma cicatriz na memória que se obstina em demarcar o incomensurável território do esquecimento. O esquecimento, sei-o agora, não é um buraco na memória, não é a negação de um facto, nem das espectativas da nossa infância ou das nossas ficções de juventude. Esquecer é nivelar a intensidade de tudo aquilo que surge na memória, de modo imprevisto ou propositado, colocando-o como uma armadilha que nos precipita na fantasia esquecendo o viver.

De mancha a mancha, de gesto a gesto, reconstitui-se o que tantas vezes é considerado uma singularidade, e que a vida, uma e outra vez, nos confirma como simples banalidade.


Nenhum comentário: