-...Todas as seitas me parecem uma forma de manter o erro. Dizei-me, há seitas em Geometria?
-Não meu querido filho - tornava-lhe, suspirando o pobre Gordon - todos os homens estão de acordo sobre a verdade quando a verdade está demonstrada; mas estão muito divididos no que toca às verdades obscuras.
-Dizei, antes, no que toca a falsidades obscuras. Se houvesse uma só verdade que fosse oculta dos vossos argumentos, há tantos séculos peneirados, já a teriam, sem dúvida, descoberto e o Universo ter-se-ia já posto de acordo, pelo menos neste ponto. Se a verdade fosse tão necessária como o Sol é à Terra, seria como ele brilhante. É um absurdo, é um ultraje ao género humano, é um atentado contra o ser supremo, dizer "Há uma verdade essencial ao homem e Deus ocultou-a."

(O Ingénuo de Voltaire fala sobre religião com um Jansenista.)

Nenhum comentário: