=)

5 comentários:

Belly disse...

Yey! =D

Lorena disse...

É preciso é que a PSP deixe que o concerto dos Arcade Fire se realize :)
Bso

Mami Pereira disse...

pq charles? a psp nao gosta?

Lorena disse...

sábado, 9 de Outubro de 2010 | 13:46

Concerto dos Arcade Fire novamente em risco

Para a PSP, é «totalmente incompatível» a realização do concerto dos Arcade Fire com a operação de segurança da cimeira da NATO que traz Barack Obama a Lisboa, avança o DN.
O jornal refere que no gabinete do secretário-geral do Sistema de Segurança Interna (SGSSI), onde está a ser planeada e coordenada toda a operação, é ponto assente que o espectáculo dos canadianos, marcado para 18 de Novembro no Pavilhão Atlântico, não se irá realizar. Os responsáveis pela sala já terão sido informados sobre a proibição.

Em resposta, o responsável pela Everything Is New, Álvaro Covões, assume que «nesta altura é impossível o concerto não se realizar», adiantando também que, «quase todos os bilhetes estão vendidos, a vinda da banda está confirmada e, para alterar isso, os prejuízos são enormes». Para o promotor, «é perfeitamente possível realizar-se a cimeira e o concerto, pois já houve situações anteriores, em que se realizaram concertos e reuniões de chefes de Estado de alto nível no Parque das Nações ao mesmo tempo».

Álvaro Covões sublinhou ao DN que «o espírito de colaboração com a estrutura de segurança é total» da sua parte e não vê «outra possibilidade que não seja a realização dos dois eventos». Em causa, está também a actuação de Shakira, a 21 de Novembro na sala do oriente lisboeta, que embora levante «alguns problemas de segurança, poderão ser minimizados através da adopção de algumas medidas específicas de controlo e articulação».

Um responsável pela operação argumenta que «as exigências de segurança para este encontro, não têm precedentes no nosso país», e mostra-se surpreendido como é que, a cerca de 40 dias do evento, não foi ainda assumido que o concerto dos Arcade Fire não se pode realizar. Segundo explicaram fontes policiais ao DN, «o Pavilhão Atlântico está localizado no primeiro perímetro de segurança, o mais importante, da cimeira», cujas reuniões decorrem na nova FIL, «como tal a sua utilização está interdita, bem como toda a área adjacente».

No dia 18, data prevista para os Arcade Fire iniciarem a sua digressão na Europa, toda aquela área terá de ser «selada» pelas equipas de inactivação de explosivos, quer a nível de superfície, quer a nível de subsolo. Todos os que por ali se passarem terão que ser identificados e revistados.

A Cimeira da NATO decorre também no Parque das Nações, a 19 e 20 de Novembro.

Mami Pereira disse...

bem, posso sempre emprestar aqui a minha marquisete, devemos caber todos :p