"Era uma velha mãe em fundo de jarrão verde com aplicações de latão, flores fabulosas devidamente domesticadas."


(coreografou o Herberto Helder, gajo que nasceu com o nome mais feio do mundo todo de uma só vez e que por isso decidiu passar o resto da vida a juntar palavras que se desejavam às escondidas) 

Nenhum comentário: